Curso Engemarinha CP-CEM 2021 | Engenharia

Curso Engemarinha CP-CEM 2021 | Engenharia

Neste artigo, respondemos às principais dúvidas sobre o curso Engemarinha CP-CEM 2021 | Engenharia.

Se você ainda não conhece esse curso, clique aqui para conhecer.

Como funciona o curso Engemarinha CP-CEM 2021 | Engenharia?

O curso Engemarinha CEP-CEM 2021 | Engenharia  é um curso preparatório online para o concurso do Corpo de Engenheiros da Marinha.

O curso é divido em dois programas: BASIC e Principal.

Sobre o Programa BASIC

O Programa BASIC foi criado para quem quer começar a preparação antes de serem abertas as novas inscrições do Programa Principal.

Ele tem tudo o que  você precisa para ganhar direção e tempo, permitindo você “sair da inércia” e progredir muito rápido em apenas 11 semanas.

O BASIC combina o REMIND, a Jornada da Aprovação e as resoluções de todas as questões das provas dos concursos anteriores.

Observação.: alunos do Programa BASIC terão prioridade na abertura de novas vagas do Programa Principal e precisarão pagar somente a diferença de valor entre os dois programas para fazer o upgrade do BASIC para o Principal.

REMIND

Através de uma pesquisa feita com centenas de alunos, a equipe do Engemarinha identificou três grandes dificuldades que os alunos tinham ao iniciarem sua preparação para o CP-CEM:

  1. Elaborar e seguir um cronograma de estudos, tendo uma rotina com pouco tempo livre;
  2. Saber como começar a estudar cada assunto do edital;
  3. Relembrar os assuntos estudados no início da faculdade.

Com base nisso, o Engemarinha criou o REMIND para ajudar os alunos a superaram essas três dificuldades.

O REMIND é um programa que tem como objetivo fazer com que você aprenda tudo o que estudou (e já esqueceu) nos seus 2 primeiros anos da graduação em apenas 11 semanas, dedicando menos de 1 hora por dia para isso.

O programa foi estruturado para ser concluído em até 11 semanas, pois o Engemarinha considerou o tempo ideal para você formar a sua “base teórica” dos assuntos para a prova objetiva.

Em cada uma das semanas, você focará em uma única disciplina:

  • Semana 1 – Cálculo Diferencial e Integral
  • Semana 2 – Mecânica do Fluídos
  • Semana 3 – Equações Diferenciais
  • Semana 4 – Dinâmica da Partículas
  • Semana 5 – Cálculo Vetorial
  • Semana 6 – Eletricidade e Magnetismo
  • Semana 7 – Probabilidade e Estatística
  • Semana 8 – Termodinâmica
  • Semana 9 – Álgebra Linear
  • Semana 10 – Séries e Sequências
  • Semana 11 – Cálculo Número

E para acelerar e orientar o seu aprendizado de cada uma das disciplinas, você receberá um roteiro com 4 passos:

  1. Assistir às videoaulas para revistar a teoria;
  2. Resolver as questões das provas anteriores;
  3. Resolver mais questões do Banco de Desafios do Engemarinha;
  4. Produzir suas fichas de estudo.

A Jornada da Aprovação

Após ter finalizado o Programa REMIND, que costuma durar cerca de 11 semanas, você terá pelo menos mais 40 semanas até o dia da prova da primeira fase do CP-CEM 2021.

O Engemarinha ajudará você a fazer um planejamento de estudos, chamado a Jornada da Aprovação, para que você tenha bem definido o que fazer durante essas 40 semanas.

Esses planejamento ajudará a aumentar a sua disciplina e comprometimento; e a diminuir suas chances de procrastinar.

Durante a Jornada da Aprovação, você vai aprender:

  • Elaborar e a seguir um cronograma de estudos, com uma metodologia testada e validada para o CP-CEM;
  • Como deve ser cada sessão de estudos para otimizar e acelerar o seu aprendizado;
  • Os 6 passos para criar suas fichas de estudo, que serão os melhores materiais para você rever e memorizar tudo que estudou;
  • Como se manter motivado durante toda a preparação e não perder o foco;
  • Controlar a ansiedade enquanto estuda, mesmo com as cobranças que naturalmente você irá sofrer; e
  • O que precisa fazer para chegar no dia da prova e não “sentir a pressão” dela.

As Resoluções de Todas as Questões das Provas dos Concursos Anteriores

Um compilado com todas as respostas das questões dos últimos 3 anos e mais referências complementares para você se aprofundar no assunto de cada questão.

São mais de 200 questões organizadas por assuntos e níveis de dificuldade.

Qual diferença entre o Programas BASIC e Principal?

O BASIC é o programa ideal para quem está iniciando a preparação. Já o Principal, é o programa mais completo e indicado para quem já deu os primeiros passos.

Confira no quadro abaixo a comparação entre os dois programas.

Programa BASIC x Programa Principal

ACESSAR A PÁGINA OFICIAL

O que dizem sobre o curso?

Veja depoimentos de alunos do curso Engemarinha CP-CEM.

Observação: no CP-CEM 2019, dos 151 candidatos que foram aprovados para a segunda fase, 93 (62,5%) eram alunos do Engemarinha.
ACESSAR A PÁGINA OFICIAL

Quais são os bônus?

O curso Engemarinha CP-CEM 2021 | Engenharia tem os seguintes bônus:

Bônus 1 – Resumos e Formulários

A equipe do Engemarinha analisou todas as provas anteriores do concurso e compilou em PDF, em pouquíssimas páginas, todas as fórmulas e conceitos que você precisa saber.

São indicadas quais fórmulas foram cobradas em quais questões, para que você possa entender os padrões de suas aplicações.

Bônus 2 – Banco de Simulados

4 simulados para a prova objetiva no mesmo padrão cobrado pela banca da Marinha, com a resolução passo a passo de todos simulados e o download liberado para impressão..

Bônus 3  – Redação para Engenheiros

Um curso completo em videoaulas ensinando o passo a passo para escrever uma redação nos critérios exigidos pela banca da Marinha.

Bônus 4 – Tradução de Inglês Técnico para Concursos

10 textos técnicos com suas traduções e um e-book com dicas práticas para tradução de textos.

Bônus 5 – Desconto de Até R$ 1.000,00 em Cursos de Pós-Graduação

Cupom de desconto para realizar uma pós-graduação EAD em instituições parceiras que possuem todos os critérios exigidos pela Banca da Marinha. E mais uma consultoria grátis que te ajudará a escolher o melhor curso para o seu perfil.

O curso pode ser concluído em até 3 meses e pode te garantir até 20 pontos por certificado na prova de títulos, além de agregar valor para seu currículo profissional.

Bônus 6 – Banco de Desafios

Banco com mais de 100 desafios organizados por assuntos para você poder se aprofundar ainda mais e verificar como está seu nível em cada assunto.

Bônus 7 – Degustação Desafios Diários

São selecionadas as melhores questões dos livros do edital e de outras referências da internet, além de algumas elaboradas imaginando como a banca poderia inovar cobrando algum assunto

Os desafios (questões) são lançados no grupo do Telegram e abertos para discussão. No final do dia, são são publicadas suas resoluções.

Essa é uma ótima forma para estimular o estudo e “forçar” o contato dos alunos  diariamente com as matérias.

Após 1º/08, você terá a oportunidade de migrar para o Programa Principal e continuar participando dos Desafios Diários no grupo até a segunda fase do CP-CEM 21.

Bônus 8 – Degustação Grupo VIP com Monitores

Grupo no Telegram com monitores dando suporte até  01º/08.

Você poderá fazer quantas perguntas quiser, sempre que precisar até 1º/08. E poderá tirar dúvidas dos demais alunos para ter certeza de que realmente aprendeu aquele assunto.

Após 1º/08, você terá a oportunidade de migrar para o Programa Principal e continuar recebendo o suporte no grupo até a segunda fase do CP-CEM 21.

Bônus 9 – Crédito de R$ 997,00 para Adquirir o Programa Principal

Assim que uma nova turma do Programa Principal do CP-CEM for lançada, se você for aluno do BASIC, terá prioridade no upgrade e poderá utilizar o que já investiu no BASIC como desconto para se inscrever no Programa Principal.

Bônus 10 – Concurso de Melhores Resumos

Você poderá enviar seus resumos (fichas de estudos) para votação no grupo no Telegram.

O vencedor ganhará um curso de pós-graduação online na área de sua Engenharia e, consequentemente, 10 pontos na prova de títulos.

Um grande incentivo para você estudar ainda mais e caprichar na produção de seus resumos.

Dúvidas Frequentes

Sobre o Concurso CP-CEM 2021

O Concurso CP-CEM 2021 está confirmado, tendo em vista a situação de congelamento de concursos e de criação de novas vagas conforme a lei 173/2020?

O CP-CEM ocorre anualmente e essa lei não atinge esse concurso, pois existe a necessidade de repor os engenheiros que formam a base de oficiais.

Qual é a idade máxima permitida?

Você precisa ter menos de 36 anos em 01/01/2022.

Vou ter meu diploma de conclusão somente após fevereiro de 2022, posso adquirir o Programa BASIC e prestar o Concurso?

Sim, recomendamos fortemente que você inicie o quanto antes sua preparação.

Nesse caso, ano que vem você iria prestar como treineiro, mas já levando a sério a prova e fazendo como se fosse para valer.

Com isso, em 2022, quando prestar com condições de ser convocado, você já vai estar muito melhor preparado e não sentirá a pressão da primeira vez.

​Quando e como são as provas?

A primeira fase geralmente ocorre no mês de maio e a segunda fase no mês de julho.

Na primeira fase, você terá 4 horas para fazer uma prova objetiva com 20 questões de assuntos comuns a todas engenharias (matemática e física) e uma redação.

Na segunda fase, você terá 5 horas para fazer uma prova discursiva com 10 questões de assuntos específicos de sua engenharia, e uma tradução de texto técnico em inglês.

​Onde são as provas?

Por ser um concurso nacional, a prova pode ser feita em diversas cidades, em todas as regiões do Brasil.

Confira abaixo qual é a mais próxima de você:

  • Rio de Janeiro / RJ
  • Angra dos Reis / RJ
  • Nova Friburgo / RJ
  • São Pedro da Aldeia / RJ
  • Macaé / RJ
  • Belo Horizonte / MG
  • Vila Velha / ES
  • Ilhéus / BA
  • Salvador / BA
  • Aracaju / SE
  • Natal / RN
  • Olinda / PE
  • Fortaleza / CE
  • Maceió / AL
  • Paraíba / PB
  • Belém / PA
  • Amapá / AP
  • Piauí / PI
  • Santarém / PA
  • São Luís / MA
  • Rio Grande / RS
  • Porto Alegre / RS
  • Paranaguá / PR
  • Florianópolis / SC
  • São Francisco do Sul /SC
  • Uruguaiana / RS
  • Ladário / MS
  • Cuiabá / MT
  • Brasília / DF
  • Palmas / TO
  • Santos / SP
  • São Paulo / SP
  • Barra Bonita / SP
  • Foz de Iguaçu / PR
  • Manaus / AM
  • Porto Velho / RO

Como é calculada a Nota Final?

A fórmula para o cálculo da Nota Final (NF) é a seguinte:

  • NF = (3.PCP + 1.PT + 1.EE) / 5

Onde:

  • NF = Nota Final.
  • PCP = Nota final da prova escrita de conhecimentos profissionais (0.2*PO + 0.8*PD).
  • PT = Nota da Prova de Títulos.
  • EE = Nota da média aritmética da Redação + Tradução de Texto.
  • PO = Nota da Prova Objetiva.
  • PD = Nota da Prova Discursiva.

​Todos os candidatos fazem a prova da segunda fase?

Não. Em 2018, a Marinha incluiu uma nova regra em que só vão para a segunda fase os candidatos aprovados com as maiores notas na prova objetiva, até o limite do número correspondente a 10 vezes o número de vagas previstas, considerando-se os empates na última posição.

Exemplo: para a área de Engenharia Mecânica temos 4 vagas. Logo, os candidatos com as 40 maiores notas na prova objetiva vão poder fazer a prova discursiva da segunda fase.

​Todos os candidatos participam dos Eventos Complementares?

Não. Participam dos Eventos Complementares apenas os candidatos aprovados com as maiores notas na prova escrita, até o limite do número correspondente a 3 vezes o número de vagas previstas, considerando-se os empates na última posição.

Exemplo: para a área de Engenharia Mecânica temos 4 vagas. Logo, os candidatos com as 12 maiores notas na prova escrita* vão para os Eventos Complementares e terão suas redações e traduções corrigidas.

*Essa nota é calculada com a seguinte fórmula:

0,2 x Nota da Prova Objetiva + 0,8 x Nota da Prova Discursiva.

​Pode ter tatuagem?

A tatuagem é permitida, desde que não contrarie o disposto nas Normas para Apresentação Pessoal de Militares da Marinha do Brasil ou faça alusão a ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas, à violência, à criminalidade, à ideia ou ato libidinoso, à discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou, ainda, a ideia ou ato ofensivo às Forças Armadas.

​Como funciona a prova de títulos?

A Nota da Prova de Títulos corresponde a 20% da Nota Final de Classificação e vai de 0 a 100, de acordo com a seguinte pontuação:

  • Doutorado – 40 pontos.
  • Mestrado – 30 pontos.
  • Experiência no mercado de trabalho atuando em sua área – 3 pontos por ano (máximo de 30 pontos)
  • Pós-Graduação – 10 pontos por certificado (máximo de 20 pontos)
  • Certificado de proficiência em idiomas inglês, espanhol, francês ou alemão – 2 pontos por certificado (máximo de 6 pontos)
  • Artigo publicado (Qualis A ou B) – 4 pontos.

É verdade que para ser aprovado é necessário ter muitos títulos?

Não, absolutamente não. Isso é um dos maiores mitos que algumas pessoas disseminam, provavelmente para desmotivar outros candidatos e diminuir a concorrência.

Para você ter ideia, o Engemarinha fez uma análise detalhada do impacto dos títulos em uma edição do CP-CEM e concluiu que apenas 11 dos 62 aprovados (17%) entraram devido a seus títulos!

Em 7 dos 13 cursos a nota da prova de títulos não influenciou em nada o resultado final!

A média da nota de títulos dos candidatos que foram para a fase da prova de títulos é de apenas 6,5 (numa escala 0-100).

Essa média é tão baixa porque somente um pequeno número de candidatos vai para a prova de títulos, que é aproximadamente 3 vezes o número de vagas da área.

Dessa forma, muitos candidatos com títulos não têm seus títulos avaliados, e sim somente os que tiveram as maiores notas nas provas.

Além disso, a Marinha diminui o peso dos títulos no cálculo da nota final (de 33 para 20%).

Apesar dos títulos não serem pré-requisitos para a aprovação, eles podem te ajudar a melhorar a sua nota.

Por isso, o Engemarinha garante para você um cupom de desconto para realizar uma pós-graduação EAD em instituições parceiras que possuem todos os critérios exigidos pela banca da Marinha.

Eles Fizeram isso para que nenhum de seus alunos que tire uma excelente nota na prova teórica perca sua vaga por não ter uma boa pontuação na prova de títulos.

A grande vantagem desses cursos de pós-graduação nessas instituições é que podem ser concluído em até 3 meses e pode te garantir até 20 pontos por certificado na prova de títulos.

Após sua inscrição no Programa BASIC, um consultor parceiro entrará em contato com você para apresentar essas instituições e quais os cursos delas que você pode fazer sem correr riscos de ter problemas com validação da banca.

​Quem tem CNPJ pode fazer a prova?

Pode sim, mas quando você ingressar na Marinha, não poderá ter CNPJ no seu nome.

​Qual é a relação candidato/vaga de cada área?

Esse número muda de ano para ano, mas a verdade é que você deve ignorar a sombra dos seus concorrentes, pois a conquista da sua aprovação só depende de você mesmo.

​Minha engenharia não está contemplada no edital, posso prestar o concurso?

Depende. As seguintes equivalências sabemos que a Marinha já aceitou e continuará aceitando, como:

  • Engenheiro de Controle e Automação pode concorrer a vaga de Engenheiro Eletrônico ou Mecatrônico.
  • Engenheiro de Petróleo pode concorrer a vaga de Engenheiro Mecânico.
  • Engenheiro Metalúrgico pode concorrer a vaga de Engenheiro de Materiais.
  • Engenheiro de Agrimensura pode concorrer a vaga de Engenheiro Cartográfico.
  • Engenheiro Eletricista com ênfase em Eletrônica pode concorrer a vaga de Engenheiro Eletrônico.

Fora isso, não é garantido que será aceito pela banca da Marinha.

​Como posso ser eliminado do concurso?

Basicamente, um candidato pode ser eliminado por algum desses 13 motivos:

  • Chegar ao local de realização da prova após o fechamento dos portões;
  • Desrespeitar as instruções que o fiscal de prova apresenta;
  • Não rubricar a lista atestando a entrega das provas, do cartão-resposta, da folha de redação e da folha de tradução de texto;
  • Obter um número de acertos inferior a 50% das questões da prova objetiva ou da prova discursiva;
  • Obter uma nota inferior a 50 pontos na redação ou na tradução de texto;
  • Não comparecer nos Eventos Complementares em suas datas programadas;
  • Reprovar no Verificação de Dados Biográficos (VDB);
  • Reprovar na Inspeção de Saúde (IS);
  • Reprovar no Teste de Aptidão Física de Ingresso (TAF-i);
  • Apresentar documentos falsos na Prova de Títulos (PT);
  • Reprovar na Avaliação Psicológica (AP);
  • Reprovar na Verificação de Documentos (VD);
  • Reprovar no Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração (PH).

​Como é a Inspeção de Saúde?

Tudo o que você precisa saber para não correr riscos nessa etapa está no seguinte trecho retirado do edital:

ANEXO VI – INSPEÇÃO DE SAÚDE (IS)I – CONDIÇÕES DE INAPTIDÃO PARA INGRESSO NO SERVIÇO ATIVO DA MARINHA (SAM):

a) Cabeça e Pescoço

Deformações, perdas extensas de substância; cicatrizes deformantes ou aderentes que causem bloqueio funcional; contraturas musculares anormais, cisto branquial, higroma cístico de pescoço e fístulas.

b) Ouvido e Audição

Deformidades significativas ou agenesia das orelhas; anormalidades do conduto auditivo e tímpano, exceto as desprovidas de potencialidade mórbida, infecções crônicas recidivantes, otite média crônica, labirintopatias e tumores. No teste audiométrico, serão observados os índices de acuidade auditiva constantes da alínea h do item II deste anexo.

c) Olhos e Visão

Ceratocone, glaucoma, infecções e processos inflamatórios, excetuando conjuntivites agudas e hordéolo; ulcerações, tumores, excetuando cisto benigno palpebral; opacificações, sequelas de traumatismo ou de queimaduras; doenças congênitas e deformidades congênitas ou adquiridas,incluindo desvios dos eixos visuais; anormalidades funcionais significativas e diminuição da acuidade visual além da tolerância permitida; lesões retinianas, doenças neurológicas ou musculares oculares; discromatopsia para as cores verde e vermelha. A cirurgia refrativa não gera inaptidão, desde que no momento da IS, o candidato não apresente restrições laborais e tenha condições de realizar teste de suficiência física, atestado por especialista.

d) Boca, Nariz, Laringe, Faringe, Traqueia e Esôfago

Anormalidades estruturais congênitas ou não, desvio acentuado de septo nasal, mutilações,tumores, atresias e retrações; fístulas congênitas ou adquiridas; infecções crônicas ou recidivantes;deficiências funcionais na mastigação, respiração, fonação, fala (principalmente as que possam interferir nos comandos e mensagens nas diversas atividades militares) e deglutição. Por ocasião da entrevista, deverá ser solicitado ao candidato que proceda a leitura de um texto curto, a fim de identificar deficiências da fala, como tartamudez (gagueira). Em caso de dúvida, deverá ser solicitado parecer especializado à Fonoaudiologia.

e) Aparelho Estomatognático

Estado sanitário bucal deficiente (caracterizado pela presença de cavidades não restauradas associadas a placa bacteriana, doença periodontal não controlada pelo autocuidado, ou gengivite em todos os quadrantes associada a cálculo dental em dentes de todos os quadrantes); infecções, cisto não odontogênico; neoplasias; resto radicular; deformidades estruturais tipo fissuras labiais ou labiopalatinas não reabilitadas (a reabilitação e o selamento ósseo das fissuras labiopalatinas completas deverão ser verificadas por meio de exames complementares, assim como deverá ser avaliado clinicamente o restabelecimento da função mastigatória, da respiração nasal, da fonação e da deglutição); disfunção mastigatória causada por doença sindrômica ou maloclusão; ausência dentáriana bateria labial sem reabilitação; menos de dez dentes naturais em uma das arcadas (o mínimo exigido é de vinte dentes naturais, dez em cada arcada, os quais deverão estar hígidos, tratados ou com coroa protética provisória ou definitiva); ausência total de contatos interoclusais em regiões de molares direitos, esquerdos ou bilateralmente.O exame descritivo do aparelho estomatognático deverá ser realizado obrigatoriamente por cirurgião-dentista, cujo nome e inscrição no CRO constarão no TIS.

f) Pele e Tecido Celular Subcutâneo

Infecções crônicas ou recidivantes, inclusive a acne com processo inflamatório agudo ou dermatose que comprometa o barbear; micoses, infectadas ou cronificadas; parasitoses cutâneas extensas; eczemas alérgicos; expressões cutâneas das doenças autoimunes, excetuando-se vitiligo,manifestações das doenças alérgicas; ulcerações e edemas; cicatrizes deformantes, que poderão vir a comprometer a capacidade laborativa; afecções em que haja contraindicação a exposição solar prolongada; tatuagem que faça alusão a ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas, a violência, a criminalidade, a ideia ou ato libidinoso, a discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou, ainda, a ideia ou ato ofensivo às Forças Armadas, com base no disposto no Art 11-A, item XII da Lei Nº 12.704 de 2012 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12704.htm)e nas Normas para Apresentação Pessoal de Militares daMarinha do Brasil (https://www.marinha.mil.br/sspm/sites/www.marinha.mil.br.sspm/files/portaria%20CM%206464.pdf )

g) Pulmões e Parede Torácica

Deformidade relevante congênita ou adquirida da caixa torácica com prejuízo da função respiratória; infecções bacterianas ou micóticas; distúrbios ventilatórios, obstrutivos ou restritivos,hiper-reatividade brônquica, história de crises de broncoespasmo ainda na adolescência, exceto episódios isolados de broncoespasmo na infância, com prova de função respiratória atual normal, sem uso de medicação específica; fístula e fibrose pulmonar difusa; tumores malignos e benignos dos pulmões e pleura, anormalidades radiológicas, exceto se insignificantes e desprovidas de potencialidade mórbida e sem comprometimento funcional.

h) Sistema Cardiovascular

Anormalidades congênitas ou adquiridas; infecções, inflamações, arritmias, doenças do pericárdio, miocárdio, endocárdio e da circulação intrínseca do coração; anormalidades do feixe de condução e outras detectadas no eletrocardiograma desde que relacionadas a doenças coronarianas,valvulares ou miocárdicas; doenças orovalvulares; síndrome de pré-excitação; hipotensão arterial com sintomas; hipertensão arterial; níveis tensionais arteriais acima dos índices mínimos exigidos, em duas das três aferições preconizadas; doenças venosas, arteriais e linfáticas. São admitidas microvarizes, sem repercussão clínica.O prolapso valvar sem regurgitação e sem repercussão hemodinâmica verificada em exame especializado não é condição de inaptidão. Na presença de sopros, é imperativo o exame ecocardiográfico bidimensional com Doppler.

i) Abdome e Trato Intestinal

Anormalidades da parede, exceto as diástases dos retos abdominais, desde que não comprometam a capacidade laboral; visceromegalias; infecções, esquistossomose e outras parasitoses graves; micoses profundas; história de cirurgias que alterem de forma significativa a função gastrointestinal (apresentar relatório cirúrgico, com descrição do ato operatório); doenças hepáticas e pancreáticas, exceto as desprovidas de potencialidade mórbida (ex: Síndrome de Gilbert, doença);doenças inflamatórias intestinais ou quaisquer distúrbios que comprometam, de forma significativa, a função do sistema.

j) Aparelho Genitourinário

Anormalidades congênitas ou adquiridas da genitália, rins e vias urinárias, exceto fimose e as desprovidas de potencialidade mórbida; litíases (cálculos); alterações demonstradas no exame de urina,cuja potencialidade mórbida não possa ser descartada; a existência de testículo único na bolsa não é condição de inaptidão desde que a ausência do outro não decorra de anormalidade congênita; a hipospádia balânica não é condição de inaptidão.

k) Aparelho Osteomioarticular

Na evidência de atitude escoliótica, lordótica ou cifótica, ao exame físico, o candidato será encaminhado para realização de RX panorâmico de coluna, em posição ortostática, descalço, para confirmação de defeito estrutural da coluna. São condições de inaptidão: Escoliose apresentando mais de 13º Cobb; Lordose acentuada, com ângulo de Cobb com mais de 60º; Hipercifose que ao estudo radiológico apresente mais de 45º Cobb ou com angulação menor, haja acunhamento de mais de 5º, em perfil, mesmo que em apenas um corpo vertebral; “GenuRecurvatum” com mais de 20 graus aferidos por goniômetro ou, na ausência de material para aferição, confirmado por parecer especializado; “GenuVarum” que apresente distância bicondilar superior a 7cm, aferido por régua, em exame clínico;“GenuValgum” que apresente distância bimaleolar superior a 7cm, aferido por régua em exame clínico; Megapófises da penúltima ou última vértebra lombar; espinha bífida com repercussão neurológica; Discrepância no comprimento dos membros inferiores que apresente ao exame encurtamento de um dos membros, superior a 10 mm para candidatos até 21 anos e superior a 15 mm para os demais, constatado através de escanometria dos membros inferiores;alterações degenerativas da coluna vertebral, como protrusões e hérnias discais, dentre outras,espondilólise, espondilolistese,hemivértebra, tumores vertebrais (benignos e malignos), laminectomia, passado de cirurgia de hérnia discal, pinçamento discal lombar do espaço intervertebral; a presença de material de síntese será tolerado quando este material for utilizado para fixação de fraturas, excluindo as de coluna e articulações, desde que essas estejam consolidadas, sem nenhum déficit funcional do segmento acometido, sem presença de sinais de infecção óssea; próteses articulares de qualquer espécie; passado de cirurgias envolvendo articulações; doenças ou anormalidades dos ossos e articulações, congênitas ou adquiridas, inflamatórias, infecciosas, neoplásticas e traumáticas; e casos duvidosos deverão ser esclarecidos por parecer especializado.

l) Doenças Metabólicas e Endócrinas

“Diabetes Mellitus”, tumores hipotalâmicos e hipofisários; disfunção hipofisária e tiroideana; tumores da tiróide; são admitidos cistos colóides, hiper/hipotireoidismo, desde que comprovadamente compensados e sem complicações tumores de suprarrenal e suas disfunções congênitas ou adquiridas;hipogonadismo primário ou secundário; distúrbios do metabolismo do cálcio e fósforo, de origem endócrina; erros inatos do metabolismo; desenvolvimento anormal, em desacordo com a idade cronológica; obesidade.

m) Sangue e Órgãos Hematopoiéticos

Alterações significativas do sangue e órgãos hematopoiéticos e/ou aquelas em que seja necessária investigação complementar para descartar potencialidade mórbida.

n) Doenças Neurológicas

Distúrbios neuromusculares; afecções neurológicas; anormalidades congênitas ou adquiridas;ataxias, incoordenações, tremores, paresias e paralisias, atrofias, fraquezas musculares, passado de crises convulsivas que tenham demandado tratamento neurológico, epilepsias e doenças desmielinizantes.

o) Doenças Psiquiátricas

A evidência atual ou a história pregressa de doença psiquiátrica é condição de inaptidão,assim como o uso de medicação psicotrópica. Avaliar cuidadosamente a história, para detectar:- uso de drogas ilícitas; e- padrão de consumo de drogas/substâncias lícitas que configure síndrome de dependência química. Deverão ser observadas as descrições clínicas e diretrizes diagnósticas da classificação de transtornos mentais e de comportamento da 10ª Revisão da Classificação Internacional de Doenças da OMS (CID-10).Por ocasião da IS em grau de recurso por JSD, a inaptidão por qualquer uma das causas acima poderá, a critério da JS, ser subsidiada por parecer psiquiátrico.

p) Tumores e Neoplasias

Qualquer história atual de neoplasia maligna; neoplasia benigna, dependendo da localização,repercussão funcional, potencial evolutivo. Se o perito julgar insignificantes pequenos tumores benignos (ex: cisto sebáceo, lipoma), deverá justificar sua conclusão. Nos casos de história pregressa de neoplasia maligna, poderão ser considerados aptos os candidatos que não apresentem evidência de atividade da doença decorridos, no mínimo, cinco anos, a contar da data do término do tratamento instituído. Tal condição deverá ser comprovada pelo candidato, no momento da IS, mediante apresentação de relatórios médicos, cópia de prontuário e resultados dos exames complementares realizados ao longo do tratamento/acompanhamento da neoplasia, podendo ser solicitados pela JS os Pareceres/exames complementares, que julgar necessários para subsidiar sua decisão. A presença de sequelas decorrentes da neoplasia maligna, que gerem comprometimento da capacidade laboral e/ou do desempenho das atividades militares, é condição de inaptidão.

q) Sistema Imunológico

Doenças autoimunes, exceto vitiligo. Evidência laboratorial do HIV, patologias ou uso demedicações que gerem imunodepressão.

r) Doenças Sexualmente Transmissíveis

Qualquer DST em atividade é condição de inaptidão, exceto quando desprovida de potencialidade mórbida

​s) Condições Ginecológicas

Lesões de colo, corpo e trompas uterinos, ovários, vulva, vagina, alterações mamárias e outras anormalidades adquiridas, todas essas, exceto se insignificantes e/ou desprovidas de potencialidade mórbida

t) Outras condições

Doenças ou condições eventualmente não listadas nas alíneas anteriores, detectadas no momento da avaliação médico-pericial, poderão ser causa de Inaptidão, se, a critério da JS, forem potencialmente impeditivas ao desempenho pleno das atividades militares.

Qualquer condição que demande tratamento cirúrgico para sua correção constitui causa de inaptidão, assim como a vigência de pós-operatório cujo restabelecimento para atividades plenas de esforço ultrapasse o prazo limite para o resultado da Seleção Psicofísica.

História pregressa de cirurgia sem a devida comprovação por meio da descrição cirúrgica e do laudo anatomopatológico eventualmente realizado poderão, a critério da JS, constituir causa de inaptidão.Doenças, condições ou alterações de exames complementares em que não possa ser descartada a potencialidade mórbida ou que demandem investigação clínica que ultrapasse o prazo máximo estipulado para a avaliação psicofísica previsto no Edital do concurso/seleção constituirão causa de Inaptidão, assim como a positividade para quaisquer das substâncias testadas nos exames toxicológicos eventualmente realizados.

II – ÍNDICES:

a) Altura

A altura mínima é de 1,54m e máxima é de 2,00m para ambos os sexos.

b) Peso

Limites de peso: Índice de Massa Corporal (IMC) compreendidos entre 18 e 30.Os limites de peso serão correlacionados pelos Agentes Médico-Periciais (AMP) com outros dados do exame clínico(massa muscular, conformação óssea, proporcionalidade, biotipo, tecido adiposo localizado, etc.).

c) Acuidade Visual

Admite-se até 20/400 S/C em AO, corrigida para 20/20, com a melhor correção óptica possível.

d) Senso Cromático

Para ingresso não serão admitidas discromatopsias para as cores verde e vermelha, definidas de acordo com as instruções que acompanham cada modelo de teste empregado. Deve ser registrada no campo apropriado do TIS a denominação do teste e número de erros do inspecionado. O teste deve será plicado exclusivamente por médico, registrando-se no TIS a data e o nome do aplicador, vedada a execução por pessoal EF. Não é admitido o uso de lentes corretoras do senso cromático.

e) Dentes

O mínimo exigido é de vinte (20) dentes naturais, dez (10) em cada arcada, hígidos outratados. Para restabelecer as condições normais de estética e mastigação, tolera-se a prótese dental,desde que o inspecionado apresente os dentes naturais, conforme mencionado.

f) Limites Mínimos de Motilidade

Limites Mínimos de Motilidade da Extremidade Superior: OMBROS = Elevação para diantea 90°. Abdução a 90°; COTOVELO = Flexão a 100°. Extensão a 15°; PUNHO = Alcance total a 15°;MÃO = Supinação/pronação a 90°; DEDOS = Formação de pinça digital.

Limites Mínimos de Motilidade da Extremidade Inferior: COXOFEMURAL = Flexão a 90°.Extensão a 10°; JOELHO = Extensão total. Flexão a 90°; TORNOZELO = Dorsiflexão a 10°. Flexão plantar a 10°.

g) Índices Cardiovasculares

Pressão Arterial medida em repouso e em decúbito dorsal ou sentado : SISTÓLICA – igual ou menor do que 140mmHg; DIASTÓLICA – igual ou menor do que 90mmHg;

Em caso de índices superiores a estes, deverão ser realizadas mais duas aferições. Na dependência dos níveis tensionais encontrados, poderão, a critério dos peritos, ser solicitados outros exames de investigação cardiológica, como M.AP.A, Teste Ergométrico e Ecocardiograma, realizados à custa do candidato.PULSO ARTERIAL MEDIDO

EM REPOUSO: igual ou menor que 120 bat/min. Encontrada frequência cardíaca superior a 120 bat/min, o candidato deverá ser colocado em repouso por pelo menos dez minutos e será aferida novamente a frequência , ou solicitado ECG para análise.

h) Índice Audiométrico

Admite-se perdas de 40dB até a frequência de 3000 Hz, bilateralmente sem uso de Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI), em qualquer ouvido, até 40 decibéis (dB), em qualquer das frequências, mesmo que bilaterais, desde que não haja alteração à otoscopia.

São toleradas perdas maiores que 40 dB e menores ou iguais a 70 dB, nas frequências de 4000 a 8000 Hz, desde que satisfeitas as seguintes condições: Seja unilateral; Apresente otoscopia normal; Índice de Reconhecimento de Falar (IRF) maior ou igual a 88%; e apresente liminar de Reconhecimento da Fala (SRT) menor ou igual a 50 dB. O exame será efetuado exclusivamente por médico ou fonoaudiólogo devidamente identificado, sendo vedada a execução por pessoal EF.

III – EXAMES COMPLEMENTARES DE RESPONSABILIDADE DO (A) CANDIDATO(A):

a) Exames com validade de 3 (três) meses:

– Hemograma completo com contagem de plaquetas;

– Glicemia de jejum;

– Creatinina;

– TGO ou AST;

– TGP ou ALT;

– EAS;- Anti-HIV (qualquer método, exceto imuno cromatografia (teste rápido));

– VDRL ou sorologia para Sífilis;

– Colesterol total e frações para candidatos de 30 anos ou mais idade; e

– Triglicerídeos para candidatos de 30 anos ou mais idade.

b) Exames com validade de 6 (seis) meses:

– Telerradiografia de Tórax;e

– ECG

c) Exames exclusivos para as candidatas:

As candidatas deverão apresentar os exames abaixo listados, cuja realização será de sua inteira responsabilidade e ônus:

– Colpocitologia oncótica;

– Exame de USG mamas;- Exame de USG transvaginal ou na impossibilidade desta, USG pélvica; e

– ßHCG qualitativo.

Para que o laudo médico pericial seja emitido, os Agentes Médico-Periciais (AMP) levarão em consideração os exames de Colpocitologia Oncótica, USG transvaginal/USG pélvica, USG de mamas, que deverão ser realizados dentro do período de um ano até a data da avaliação na JS. Deverão ser trazidos, ainda, todos os exames complementares atinentes à mastologia/ginecologia que eventualmente tenham realizado, por ocasião de investigações clínicas.

Os EXAMES LABORATORIAIS deverão ser colhidos, no máximo, nos 3 (três) meses anteriores à data da conclusão da perícia. Se durante esses 3 (três) meses surgir intercorrência clínica para a qual seja julgada necessária investigação ou sejam identificados resultados laboratoriais não compatíveis com o exame clínico, outros exames poderão ser solicitados e sua realização ocorrerá às expensas da candidata. O prazo de três meses não se aplica ao Beta-HCG qualitativo realizado por ocasião da IS para Ingresso no SAM, que deverá ser colhido em, no máximo, 7 (sete) dias corridos antes data inicial de apresentação para Inspeção de Saúde estabelecido no presente edital. Todos os exames laboratoriais deverão ser assinados por um responsável técnico: Farmacêutico Bioquímico, Biomédico, Médico ou Biólogo, conforme couber, devidamente identificado. O exame de Colpocitologia Oncótica deverá ser assinado por Médico Patologista ou Farmacêuticos e Biomédicos especializados em Citologia Clínica,devidamente identificados. Os demais exames complementares deverão ser apresentados na íntegra, com imagem em meio físico ou digital, traçado ou fotos, além dos respectivos laudos,contendo data, nome, nº da inscrição no CRM legíveis, além da assinatura do médico que os emitiu.

– A critério da JS poderão ser solicitados outros exames além daqueles obrigatórios realizados pelos candidatos.

– Em cumprimento à legislação específica poderão ser realizados exames toxicológicos.

IV – EXAMES COMPLEMENTARES REALIZADOS PELA MB:

– Audiometria;

– Oftalmologia geral, exame composto de Acuidade Visual e Avaliação de Senso Cromático;

– Exames ginecológico e de mamas (candidatas do sexo feminino);

– Biometria;

– Exame clínico e odontológico geral.

Como é o TAF (Teste de Aptidão Física)?

Segue abaixo o trecho do edital que fala sobre os requisitos para ser aprovado no TAF:

Será preciso nadar o percurso de 25 (vinte e cinco) metros no tempo máximo de 50 (cinquenta) segundos para o sexo masculino e 1 (um) minuto para o sexo feminino, levando em consideração as seguintes observações:

  • A saída poderá ocorrer de fora da piscina (borda ou bloco de partida) ou de dentro da piscina, a critério do candidato;
  • Quando a piscina possuir menos de 25 metros de comprimento, não será permitido o contato com a borda oposta, por período de tempo superior a 3 (três) segundos, por ocasião da virada; e
  • O candidato deverá utilizar apenas os recursos inerentes ao seu próprio corpo, não sendo permitido apoio no fundo, na borda lateral e/ou raiamento da piscina.

E correr o percurso de 2.400 (dois mil e quatrocentos) metros no tempo máximo de 16 (dezesseis) minutos para o sexo masculino e 17 (dezessete) minutos para o sexo feminino. A corrida poderá ser realizada em pista oficial de atletismo ou em qualquer percurso plano previamente demarcado.

​Preciso ser fluente em inglês para ser aprovado?

Definitivamente não. Esse é outro mito que você não pode acreditar, porque o que é exigido pela banca é apenas a tradução de um texto técnico em inglês, em que você precisa tirar uma nota de 5 (de um máximo de 10).

Ninguém se forma em engenharia sem ter esse conhecimento mínimo de inglês, concorda?

Porém, apesar de não possuir um peso considerável na nota final, um bom desempenho na prova de inglês pode te dar alguns décimos valiosos nessa Nota.

Por isso, vamos disponibilizar um ebook com várias dicas práticas para Tradução de Textos e dezenas de textos em inglês técnico por mês para você se manter “afiado” para essa prova também.

Sobre a Carreira de Engenheiro da Marinha do Brasil

O que faz um Engenheiro da Marinha?

Como Engenheiro da Marinha, você irá trabalhar em uma das 3 áreas:

​Manutenção:

Aqui você vai “por a mão na massa” mesmo.

​Vai passar a maior parte do tempo em algum estaleiro coordenando atividades de manutenção, instalação de novos equipamentos, radares, motores. Enfim, tudo que existe dentro de um navio e está relacionado com sua área.

​Uma OM (Organização Militar) desse tipo é o Arsenal, no Rio de Janeiro.

​Gerenciamento de Projetos:

Aqui você vai trabalhar mais na parte de documentação, planejamento, gerenciamento de projetos e pessoas para que tudo seja finalizado dentro de seus prazos e que atendam os requisitos especificados.

A DEN (Diretoria de Engenharia Naval), no Rio de Janeiro, é uma OM desse tipo.

​Pesquisa:

Aqui você vai estudar e pesquisar novas tecnologias para implantar nos meios navais da Marinha.

Se você tem mais afinidade com a área acadêmica e gosta de trabalhar em centros de pesquisa, esse será o seu lugar.

Uma OM que é mais dedicada a pesquisa é o CTMSP, em São Paulo (é lá que está sendo desenvolvido o nosso projeto mais importante e ambicioso, que é o submarino nuclear).​

Como você pode perceber, existem vagas para todos os perfis profissionais e também é possível migrar de uma área para outra caso sinta necessidade.

Como é o Plano de Carreira?

Uma das grandes vantagens da carreira militar é oferecer um plano de carreira muito bem definido (o que raramente existe na iniciativa privada).

​O plano de carreira para o Corpo de Engenheiros da Marinha deve passar por alterações em breve, devido ao fato do tempo de serviço ter aumentado de 30 para 35 anos.

Atualmente, temos os seguintes períodos entre as promoções:​

⭐ Oficiais Subalternos

– (GM) Guarda-Marinha – Durante o CFO (9 primeiros meses)

– (1T) Primeiro Tenente – 5 anos

​⭐⭐ Oficiais Intermediários

– (CT) Capitão-Tenente – 6 anos

⭐⭐⭐ Oficiais Superiores

– (CC) Capitão de Corveta – 6 anos

– (CF) Capitão de Fragata – 6 anos

– (CMG) Capitão de Mar e Guerra – 6 anos

Além do tempo, existem alguns requisitos para ocorrer a promoção de uma patente para outra, como cursos e exercício de determinadas funções.

O lado bom é que a própria Marinha disponibiliza os recursos e incentiva que o militar cumpra todos eles.

​Após o último ano com o CMG, o engenheiro pode se candidatar para pleitear uma promoção a Contra-Almirante e se tornar um Oficial General.

​Caso não tenha interesse (ou não conquiste uma das vagas), ele irá para a reserva remunerada, por ter completado a idade limite para permanência no serviço ativo.

​Nesse momento, o militar receberá uma ajuda de custo de 8 salários e continuará recebendo a mesma remuneração mensal até o fim de sua vida (a chamada aposentadoria integral).

​Onde é o seu trabalho?

Essa é uma dúvida inicial bem comum quando um engenheiro conhece a carreira da Marinha do Brasil.

​Isso porque muitos não estão dispostos a se mudar de onde residem ou têm uma certa “aversão” a algumas cidades do Brasil.

​Pelo fato da Marinha possuir Organizações Militares em todas as regiões do país, os militares desta Força podem servir em diversas localidades.

Porém, a maior parte dos engenheiros ficam alocados nas organizações sediadas na cidade do Rio de Janeiro.

O destino de cada turma de engenheiros é determinado no final do Curso de Formação de Oficiais e, geralmente:

  • 70% dela fica no Rio de Janeiro;
  • 20% dela vai para São Paulo;
  • 10% dela vai para outros lugares do Brasil (os mais comuns são Natal, Salvador, Belém e Manaus).

​Isso não é uma proporção exata, pois muda de ano para ano. ​Mas é uma boa estimativa, tendo em vista a distribuição dos engenheiros nos últimos 5 anos.

​É importante ressaltar que os alunos mais bem classificados no Curso de Formação têm prioridade para escolher a localidade onde servirá.

Ou seja, após aprovado, leve muito a sério esse curso para ter mais chances de morar e trabalhar na cidade que deseja.

​Trabalha embarcado?

Isso é um dos grandes mitos sobre a carreira do Engenheiro da Marinha e tem gente que, infelizmente, até desiste de segui-la por acreditar nele.

O fato é que a Marinha possui um outro corpo, o Corpo da Armada, para trabalhar embarcado e operar seus navios.

A função do Corpo de Engenheiros é gerenciar e conduzir as atividades de pesquisa, desenvolvimento, manutenção e projetos de meios navais, aeronavais e de fuzileiros navais e de seus equipamentos, além de realizar outras atividades específicas de cada especialidade na área de Engenharia.

Em outras palavras, os engenheiros são responsáveis por manter os navios sempre em condições de operação e pesquisar/desenvolver nova tecnologias para modernizá-los.

E, para isso, você não precisará permanecer embarcado.

Você executará suas atividades técnicas em “escritórios”, em centros de manutenção ou em estaleiros.

Mas claro que, esporadicamente, você pode precisar visitar os navios para acompanhar testes/instalações de sistemas e equipamentos, investigar avarias, implementar novos recursos, etc.

Na maior parte dessas atividades, tudo será feito quando os navios estão atracados em alguma base e, algumas outras vezes, será feita em alto mar com o navio navegando.

​O que é a aposentadoria integral?

Esse é um dos grandes (para muitos o principal) atrativos da carreira militar, justamente porque não existe em outros cargos públicos ou privados.

O fato é que o Engenheiro da Marinha se aposenta com o seu último salário e ganha mais um bônus de 8 salários quando for para a reserva remunerada, após os 35 anos de serviço.

​Vamos exemplificar para você entender melhor:

  • ​Na iniciativa privada, se o seu salário no mês em que se aposentar for de R$ 20.000,00, no mês seguinte até o final de sua vida, você receberá R$ 6.101,05 (teto INSS).
  • Na carreira militar, se o seu salário no mês em que se aposentar for de R$ 20.000,00, no mês seguinte até o final de sua vida, você receberá os mesmos R$ 20.000,00 (com os devidos reajustes que acontecer depois).

Ou seja, você não terá, do dia para a noite, um decréscimo de R$ 13.898,95 na sua renda mensal.

​Agora imagine a tranquilidade que você terá durante a sua carreira sabendo que, além de não correr risco de demissão, poderá manter seu padrão de vida quando se aposentar?

​O que é o TFM?

Imagine você poder praticar suas atividades físicas durante o horário de trabalho?

Sim, sendo um Engenheiro da Marinha isso será possível!

​Como já deve saber, os militares precisam manter a higidez física em dia. Em outras palavras, depois de ingressarem nessa carreira, eles não podem se tornar sedentários e ficarem obesos.

​E para ajudar você com isso, a Marinha costuma permitir a prática de algumas atividades físicas como corrida, natação e musculação, das 8:00 às 9:00, três vezes por semana.

​É essa prática que os militares chamam de TFM, que significa Treinamento Físico Militar.

​E o melhor é que essas atividades são feitas na própria OM (Organização Militar) que o engenheiro trabalha.

​Uma vez por ano, o militar é submetido ao TAF (Teste de Aptidão Física), em que precisa correr cerca de 2.000 metros e nadar 50 metros em tempos estipulados, que são definidos de acordo com a idade da pessoa.

​É um teste relativamente tranquilo e só reprova mesmo quem é totalmente sedentário e bem acima do peso.

​A Marinha possui outros Corpos, como o de Fuzileiros Navais, em que a exigência física é muito maior, pois eles são literalmente preparados para a Guerra.

​Então, se você tem o mínimo de preocupação com a sua saúde e higidez física, pode ficar tranquilo que não terá problemas como Engenheiro da Marinha e, além disso, poderá praticar suas atividades físicas durante o expediente.

​Ocorrem muitas movimentações?

Normalmente não. A carreira do Engenheiro da Marinha não sofre muitas movimentações de local e, na maioria das vezes, elas ocorrem por vontade do próprio militar.

Isso não significa que se, ao final do Curso de Formação, você for designado para uma cidade que não gostar, você precisará ficar nela por toda a carreira.

Você poderá, nesse caso, pedir movimentação para alguma outra Organização Militar do Brasil que possua funções correlacionadas à sua engenharia.

O que é comum é o engenheiro encontrar alguém de sua área que esteja no local desejado e também queira ser movimentado, porque aí a “troca de militares” é facilitada.

⚠️ Importante!

Não recomendamos prestar o Concurso CP-CEM para quem não pode, em hipótese alguma, morar longe de sua cidade ou para quem tenha alguma aversão muito grande em relação a cidade do Rio de Janeiro (local onde ficam alocados a maioria dos Engenheiros da Marinha).

​Qual o horário de trabalho?

Isso dependerá muito de lugar para lugar, mas, via de regra, o horário de trabalho é das 08:00 às 16:30, de segunda a sexta-feira.

Uma característica importante da carreira militar é a disponibilidade permanente, o que significa não receber hora extra.

Mas isso não significa que você será “explorado” pelo seu superior e terá que trabalhar até mais tarde todos os dias.

O que acontece, na prática, é “negociar” com seu chefe um dia de folga caso tenha sido necessário trabalhar em um sábado, por exemplo.

Nesse sentido, se assemelha muito como em qualquer empresa, essa flexibilidade de horários acordada entre chefe e subordinado.

Existe também na Marinha a chamada Licença Pagamento, que é como se fosse uma “folga obrigatória”.

Na prática, é um dia concedido ao militar para ele resolver problemas pessoais, que geralmente só podem ser resolvidos em horário comercial.

Ela ocorre toda primeira segunda ou sexta-feira do mês.

Como é definido o local de trabalho?

Essa é uma dúvida clássica de todo Engenheiro que descobre a carreira da Marinha do Brasil.

O local em que o Engenheiro irá trabalhar é definido de acordo com sua antiguidade no CFO (Curso de Formação de Oficiais), que tem duração de 9 meses e é onde são ensinados os princípios do militarismo que o engenheiro deve respeitar ao longo de sua nova carreira.

Mas o que seria essa antiguidade?

Ela nada mais é do que uma classificação entre os alunos da mesma turma do CFO.

Isso significa que os alunos que tiveram as melhores notas nesse Curso, tem prioridade para escolher onde vão trabalhar.

Vamos exemplificar para você entender melhor.

Digamos que você seja um engenheiro mecânico e deseje trabalhar na cidade de Natal, na Base Naval de Natal.

No final do ano de seu CFO, são divulgadas as vagas para os engenheiros mecânicos daquela turma e uma das vagas é para Natal.

Se tiver outro engenheiro mecânico que também tenha interesse em ir para Natal, você só irá caso sua Nota Final no Curso seja maior do que a dele.

Por isso, é importantíssimo se dedicar para ter uma boa nota nesse Curso.

​Quando conquista a estabilidade?

Após 5 anos como Primeiro-Tenente, ocorre uma avaliação onde é definido se o engenheiro irá prosseguir na carreira ou não.

Apesar de assustar alguns, o fato é que, historicamente, somente os militares com um desempenho profissional extremamente baixo ou com graves atos de indisciplina não ganham a estabilidade.

Portanto, se você honrar a farda que irá vestir e mostrar comprometimento com a missão da Marinha, vai conquistar a estabilidade naturalmente e terá uma carreira com muitas realizações.

​Quais são os benefícios extras?

Além de prover um salário acima do que o mercado costuma oferecer, a carreira militar apresenta vários benefícios que provavelmente você não conhece.

Vamos a eles então:

✅ Transferências Remuneradas

Caso seja transferido para outro estado ou cidade, por interesse de serviço, você receberá ajuda com despesas e custos da viagem, proporcional a distância e ao número de filhos que possui.

✅ Assistência Médico-Hospitalar

O militar pode cuidar da sua saúde nas dependências hospitalares da Marinha, como em policlínicas, hospitais, entre outros, e também poderá colocar familiares como seus dependentes.

✅ Instalações sócio recreativas

O militar pode desfrutar do lazer frequentando clubes pertencentes à Marinha junto com seus dependentes familiares.

✅ Alimentação

Os militares podem fazer todas as suas refeições no local de trabalho, sem custos adicionais.

✅ Auxílio Fardamento

O Engenheiro da Marinha tem direito, a cada três anos ou quando for promovido, a receber um soldo para aquisição de fardamento.

✅ Capacitação Profissional

A Marinha oferece excelentes oportunidades aos que gostam de estudar, possibilitando a participação em processos seletivos internos para Cursos, Pós-Graduações e Mestrados, o que enriquecerá o seu currículo e possibilitará o seu crescimento profissional e o da Força.

​O que é o PNR?

Durante os 9 meses do CFO (Curso de Formação de Oficiais), que ocorre na cidade do Rio de Janeiro, você poderá morar na Ilha das Enxadas (local onde ele é realizado), sem custo nenhum.

Após o fim do curso, a turma de engenheiros é distribuída para várias OMs (Organizações Militares) e, alguns deles, podem ser movimentados para outras cidades (fora do Rio de Janeiro).

Existem em algumas cidades os chamados PNR (Próprios Nacionais Residenciais), que são casas/apartamentos funcionais pertencentes à União Federal e que são destinadas à moradia de militares.

São Paulo e Salvador, por exemplo, possuem PNR.

Para conseguir morar nessas casas você entra em uma espécie de fila de espera e, quando chegar sua vez, vai pagar uma taxa simbólica, muito menor do que um “aluguel de verdade”, para morar no PNR.

Geralmente são apartamentos novos e bem conservados para acomodar você e sua família.

Sobre o Programa BASIC CP-CEM 2021

As aulas teóricas foram selecionadas do Youtube?

Sim, nesse primeiro foram selecionadas e organizamos as melhores videoaulas do YouTube e feita uma Playlist com elas.

Como a maior preocupação é com quem está retomando os estudos, tiveram o cuidado em selecionar as aulas que ensinam com a melhor didática e maior objetividade a base teórica de cada assunto.

Dessa forma, você aprenderá somente o essencial de cada assunto que precisa entender antes de começar a encarar os nossos desafios.

Em breve o Engemarinha vai gravar diversas aulas que, e atualizar todos os roteiros do Programa REMIND, e dar como bônus para quem se inscrever no BASIC agora.

Poderei ingressar no Programa Principal futuramente?

Sim! Você terá prioridade para as novas vagas do Programa Principal.

Será “congelado” o valor desse programa para você e, independentemente de quando você decidir fazer o upgrade para ele, vai precisar investir somente a diferença dos dois programas (Principal e BASIC).

Ou seja, você vai esperar sua vaga para o Programa Principal “do lado de dentro”, tendo acesso a tudo o que precisa pra dar os seus primeiros passos.

Se eu quiser permanecer na turma BASIC, continuarei com acesso aos materiais e bônus até o dia da Prova do CP-CEM 2021?

Sim! Se preferir ficar na turma BASIC, você poderá continuar estudando na plataforma online até o dia da segunda fase do CP-CEM 2021.

​E os materiais para a prova discursiva?

Você não vai estudar nesse primeiro momento para a prova discursiva, porque o curso vai focar só nos assuntos da prova objetiva.

Isso é necessário para você não ficar confuso e ter um direcionamento para aprender uma coisa por vez.

Nas próximas semanas, dentro do Programa Principal, será liberado todos os materiais que você precisa para a prova discursiva.

​Terei correções de Redação nesse Programa?

Sim! Além do Curso Completo de Redação, você vai ganhar uma correção de redação de presente.

​E se eu não me adaptar à metodologia ou perceber que esse concurso não é para mim?

Você receberá o reembolso integral do seu investimento, simples assim.

O Engemarinha não quer que ninguém gaste seu dinheiro com seus materiais e suporte, e não aproveite, no mínimo, 100% deles.

Caso isso aconteça, é só enviar um e-mail, dentro de 7 dias a partir do momento da compra, para [email protected]  solicitando o reembolso, sem precisar nem se justificar.

​Por quanto tempo terei acesso à plataforma?

O seu acesso à todos os materiais do Programa BASIC será até à prova da segunda fase do CP-CEM 2021 (prevista para o mês de julho ou agosto do ano que vem).

Após isso, caso não seja aprovado e decida continuar estudando para o CP-CEM 2022, você poderá fazer a renovação de seu acesso por um valor menor do que o investido na primeira inscrição.

Podemos fazer o download das videoaulas e PDFs?

Sim! Você terá acesso a um aplicativo para celular em que poderá fazer o download de todas videoaulas e assisti-las mesmo quando não tiver acesso à internet.

Possui todas as resoluções das provas objetivas dos concursos anteriores?

Sim! Na Plataforma, você terá acesso à mais de 200 videoaulas com as resoluções passo a passo de cada uma das questões que já foram cobradas na história do CP-CEM.

​Possui aulas teóricas também?

Dentro do novo Programa REMIND, você terá acesso às videoaulas selecionadas, para você perder o menor tempo possível com teoria e aprender somente o essencial dela.

Lembre-se:

“Não passa em concursos quem sabe mais teoria, mas sim quem acerta mais questões.”

Quanto mais questões você fizer no treino, mais questões vai acertar na prova.

Esse é um fato inegável no mundo dos concurseiros e o Engemarinha comprou isso após entrevistar dezenas de alunos aprovados nos últimos anos, em que todos contaram que resolver o maior número possível de questões foi a base de sua estratégia de estudos.

Ou seja, pouco foco na teoria e mais na prática. Você irá aprender e fixar a teoria necessária enquanto resolve questões.

Por isso, apesar de ensinar a teoria também, p Engemarinha continua concentrando seus esforços no que já sabe que funciona e vai disponibilizar o maior número possível de questões e simulados com resoluções comentadas, para que você não fique um único dia sem praticar.

​Como funciona o Curso de Redação?

Como você já deve saber, o Engemarinha fez uma parceria com a Plataforma Gramatizei, referência na área de correções online de redação.

A Redação é uma prova que muitos candidatos negligenciam, por não ter um peso grande na nota final, e dessa forma é comum que bons candidatos “travem” na hora de escrever e percam muito tempo.

E esse desperdício de tempo compromete demais a sua prova objetiva, pois você tem 4 horas para fazer as duas provas (Redação + Prova Objetiva) na primeira fase.

Engenheiros, em sua maioria, não gostam de escrever, isso é fato. Mas fica tranquilo, porque você não precisa gostar de escrever para aprender e aplicar as técnicas de produção textual.

Assim que finalizar sua inscrição, você terá acesso a um curso completo ensinando o passo a passo para escrever uma redação nos critérios exigidos pela banca da Marinha.

Como pode perceber, você não precisará investir em um outro curso complementar de redação ou contratar professor particular dessa área, porque dentro da plataforma já terá disponível tudo o que necessita para a prova de Redação.

​Terei algum suporte para me ajudar com minhas dúvidas nesse início?

Sim! Você terá 6 semanas de apoio dos monitores e outros alunos no Grupo VIP no Telegram. para te ajudar com tudo o que precisar para progredir o mais rápido possível e te preparar para ingressar no Programa Principal.

​Quais são os cursos de Pós Graduação EAD com o cupom de desconto de até R$ 1.000,00 que terei direito?

Após sua inscrição no Programa BASIC, um consultor parceiro entrará em contato com você para apresentar essas instituições e quais os cursos delas que você pode fazer sem correr riscos de ter problemas com validação da banca.

​Terei suporte para os Eventos Complementares também?

Sim! No mesmo dia que sai a classificação preliminar com quem avançou para os Eventos Complementares, será criado um Grupo no WhatsApp com todos alunos que continuam no processo para compartilhar dicas e não deixar ninguém ser eliminado nessa fase por alguma desatenção.

Ou seja, você será acompanhado até o dia em que embarcar para o CIAW e se tornar um Oficial da Marinha do Brasil.

​Qual o valor do Programa Principal?

A última vez que foram abertas vagas para ele, o valor foi de R$ 1.997,00. Não há garantia que será mantido esse valor.

O que é garantido é que quem se inscrever no Programa BASIC agora irá pagar somente a diferença do que investiu nele para o valor de R$ 1.997,00.

Sim, é isso mesmo que você entendeu. Além de poder começar a estudar agora mesmo e ter uma cadeira reservada para o Programa Principal, nós iremos “congelar” esse valor de R$ 1.997,00 para você e o que já pagou fica como uma entrada, um crédito para você.

Sobre o Acesso, Pagamento e Garantia

Como vou receber o acesso ao curso?

Após a confirmação do pagamento, você receberá os dados de acesso ao curso no endereço de e-mail cadastrado na hora compra.

Observação: se o pagamento tiver sido feito através de boleto, pode levar de 24 a 48 horas para o boleto compensar e você receber seu acesso. Geralmente, demora 24 horas para um boleto compensar, mas pode demorar mais dependendo do banco.

​Quais são os meios de pagamento?

Você poderá pagar no boleto à vista ou em até 12 vezes no cartão de crédito.

​Eu tenho a opção de juntar dois limites de cartões de créditos no ato da compra?

Sim, é possível comprar com dois cartões.

​A compra do curso vai comprometer o limite do meu cartão?

Sim, pois não funciona no modelo de assinatura e é como se você tivesse comprando um produto na internet.

O pagamento é seguro?

Sim, o pagamento é 100% seguro. É administrado pela Hotmart que é a maior plataforma de produtos digitais do Brasil.

Qual a garantia?

O curso tem 7 dias de garantia. Se por algum motivo o curso não for o que você esperava, você pode solicitar o reembolso.

O Engemarinha ainda dá mais duas garantias:

  • Acesso extra de 1 ano à plataforma, caso não abram vagas para sua área no CP-CEM 2021 (o que é muito difícil de acontecer).
  • Aprovação na inspeção de saúde. Esse é um medo desnecessário que muitos candidatos possuem, porque a Marinha é bem tranquila com relação à essa inspeção. Mesmo assim, o Engemarinha tira esse pequeno risco do seu lado e assumir ele também, pois devolverá 100% do seu dinheiro caso você tenha qualquer problema com essa fase do concurso.
Para se inscrever no curso Engemarinha CP-CEM 2021, acesse a página oficial.
ACESSAR A PÁGINA OFICIAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.